Poste aqui uma notícia.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Poste aqui uma notícia.

Mensagem por Gleice em Sex Jan 29, 2010 4:41 pm

Sabe de alguma notícia que não foi postada no site?
Poste aqui!
Mas lembre-se de colocar a fonte.
avatar
Gleice
Administradora

Idade : 27
Mensagens : 200
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 02/12/2009

http://www.vampireacademybrasil.org/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Poste aqui uma notícia.

Mensagem por Convidad em Qui Fev 11, 2010 2:44 pm

Num é bem uma noticia...é mais..ahh sei lá oke..enfim..

Hoje de madrugada (sim..eu durmo só umas 3 hrs por dia..."/) eu acabei tuitaaando pra Tia Richelle oke ela achava de vir pro Brasil pra uma sessão de autografos..e que ela ia se impressionar com o tanto de fas que ela tinha...e ela respondeu falando q isso num e´com ela...q a gnt tinha entrar em contato com a editora daki do Brasil..

Será que se a gnt num fizer um abaixo assinado sei lá..eles num trazeem ela p/ ca.?

Ahhh..eu ia até o fim do Brasil por um autogrado delaaaa *.*

*vergonha* (eu falei q num era noticia...e tbm fikei cum móoo vergonha..ela nem respondeuu oke eu pergunteiii..XD mas ta valendooo)

\o

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Poste aqui uma notícia.

Mensagem por Gleice em Sex Fev 12, 2010 5:10 pm

Então Finti...

isso eh mesmo com a Editora, mas sei la podemos tentar né!
Mas a Editora tá dando um grande passo em nos ajudar com o evento que sabe mais pra frente
nao traz a Richelle pra ca *_*

Seria bom!
Muitooo bom!
;D
avatar
Gleice
Administradora

Idade : 27
Mensagens : 200
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 02/12/2009

http://www.vampireacademybrasil.org/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Poste aqui uma notícia.

Mensagem por Zoey Belikov em Qui Maio 27, 2010 2:20 pm

Tia Richelle deu uma entrevista para o site Livros em série ,
gurias ela é perfeita Very Happy

A mitologia dos seus livros é bem diferente. Como você criou os Moroi, Strigoi e Dhampirs? Os Moroi e Strigoi vêm da mitologia Romena, mas só os vi em uma história sem muitos detalhes. Então achei legal ter uma mitologia diferente e busquei isso para os livros. Em seguida, criei o meu mundo, os elementos mágicos e o Dhampirs são criações minhas.

Vampiros são personagens na literatura desde sempre. Mas estão na moda agora, com diversas séries literárias. Você acha que uma compete com a outra? Você já leu alguma? Eu me mantenho longe de todos os outros livros sobre o tema e só li a saga “Morganville Vampires”, porque a autora – Rachel Caine – é minha amiga. Ah, eu vi o filme de “Crepúsculo”. Mas gosto de me manter longe para não me influenciar. Quero escrever a história que quero escrever e se for parecida ou diferente, não há nada que possa fazer, entende? E também porque, quando o seu trabalho é escrever sobre vampiros o dia inteiro, não é divertido se distrair lendo sobre eles (risos).

Sobre sofrer comparação, não vejo isso acontecer. Sei que muitas pessoas acham que nós odiamos umas as outras, mas na verdade nós nos ajudamos. Quando alguém lê “Crepúsculo” e gosta, procuram outros do gênero para ler em seguida e nós estamos lá! Acho que todas essas séries se ajudam, se completam e são o que fazem o gênero se tornar tão popular no momento.

Por quê você acha que esse tipo de literatura atrai tantas pessoas?
(risos). Acho que essa é a pergunta de um milhão de dólares. (risos) Acho que no sentido romântico, os vampiros parecem ser humanos, mas não o são. Eles têm esse conflito interno e são perigosos. Acho que é atraente o envolvimento com o personagem que pode ser um vilão ou o herói e que fica jovem para sempre. Isso não exatamente se aplica aos meus livros, porque o meu foco é nos Dhampirs. Mas as pessoas que gostam de histórias de vampiros nesse sentido acabam se apaixonando por personagens que beiram o paranormal e aí entram vários livros, inclusive os meus.

O gênero de literatura Jovem Adulto ganhou mais destaque nos últimos anos, tanto das editoras e público quanto da imprensa. Por que você acha que leitores de todas as idade se interessam por esse gênero? Acho que o gênero nunca foi tão sofisticado. Quando eu estava crescendo, não existia tanta escolha de livros para adolescentes. Acredito que os leitores têm se encantado com esse gênero porque ele está mais sombrio, abrange temas e dispões de estilo narrativo mais sofisticado do que antes. Na minha adolescência, tive poucas opções antes de ler livros ‘adultos’. Agora o mercado está massivo e está produzindo livros incríveis. Eles são classificados como Jovem Adultos porque os protagonistas são adolescentes, mas o conteúdo pode ser apreciado tanto por adolescentes quanto por adultos.

Porquê escolheu escrever esse gênero?
Eu tenho duas séries de livros adultos publicados e ainda escrevo ambos (as séries “Georgina Kincaid” e “Dark Swan”), mas queria escrever algo diferente. Então decidi que o gênero Jovem Adulto seria uma experiência diferente para tentar. Eu já fui professora de High School e gosto de adolescentes então foi bom escrever algo para eles. Já havia escrito sobre demônios e fadas em meus outros livros e não sabia ao certo sobre o que escrever e alguém me sugeriu vampiros. Fiquei meio duvidosa, porque na época vampiros eram um grande hit na literatura adulta, mas eu não tinha idéia de que também estavam começando a fazer sucesso entre adolescentes. Então escrevi os meus sem saber como esse gênero ficaria gigante em seguida.

Como autora de livros para adolescentes, você sofre algum tipo de preconceito na comunidade literária? Não exatamente. O que vejo é um preconceito contra o gênero ficção, fantasia e não contra o gênero em termo de público-alvo. Por exemplo, os livros que estão no Clube do Livro da Oprah são considerados boa literatura, mesmo que quando indicados para adolescentes. Mas quando o livro tem elementos fantásticos ou de fantasia, estes sim são descartados pela comunidade literária e vistos apenas como entretenimento. E isso foi o que ouvi dizer de outros autores. Nunca comentaram comigo sobre meus livros nessa maneira.

A literatura para adolescentes geralmente tem seus livros ambientados em High Schools e já ouvi de mais de uma autora que elas odiaram a experiência delas na escola. Como foi a sua? Eu não andava com as pessoas mega-populares da escola, mas também não era considerada excluída. Eu estava no grupo dos inteligentes (risos), daqueles que têm as melhores notas da turma e muitos deles também estavam no grupo dos populares. Então eu tinha amigos nesse grupo e alguns que gostavam das mesmas coisas que eu. Nunca foi ridicularizada ou nada do gênero. Não foi até a faculdade que conheci pessoas que gostavam do mesmo que eu. Então acho que a minha experiência no colégio não foi de ser excluída, mas foi de não encontrar ou não me identificar com outras pessoas que gostavam das mesmas coisas que eu ou pensavam como eu. Mas acredito que os livros adolescentes fazem muito sucesso quando o autor escreve pela perspectiva de alguém que é excluído porque acho que a maioria é. O grupo popular é sempre a minoria nas escolas. Acho que a razão desse foco de exclusão atrair essa idade é o fato de que adolescentes geralmente estão tentando se encontrar e têm aquela incerteza de não sentir que fazem parte de algum grupo. E mesmo os que têm tudo nessa época também têm dúvidas.

Acha que exista um certo preconceito em literatura jovem contra os personagens populares? Acho que pode haver. Na vida real, as pessoas mudam, se adaptam e tem várias “dimensões”. Por exemplo, Mia, (de “Vampire Academy”) que é bonita, popular e uma megera, passou por experiências que a fizeram mais humana. Ela tinha tudo para ser a antagonista de Rose durante a série, mas mudou. Achei interessante abordar essa personagem dessa maneira mais realística.

Momento spoiler para quem não leu a saga toda: Você transformou o herói da história – Dimitri – ou melhor, o interesse romântico da protagonista, em Strigoi. Isso foi uma decisão bastante ousada a ser tomada no meio da saga. Já recebeu muitas reclamações dos fãs? Eu sabia, desde o início, como deveria contar a história e como toda a saga vai terminar. Então essa decisão foi tomada desde o primeiro livro e é assim que a história vai seguir. Eu sabia que fãs ficariam com raiva, mas não fiquei nervosa quanto à transformação dele, porque achei o livro (“Shadow Kiss”, o terceiro da saga) bom e é o terceiro de seis, então espero que os leitores tenham em mente que ainda temos muita história pela frente. Ainda é meio triste receber e-mails de fãs querendo me matar de tão triste que estão (risos), mas eu não me arrependo.

Você tem três diplomas de faculdade, mas como se tornou uma escritora? Foi muito difícil ter seus livros publicados?
Eu sempre quis ser escritora, mas me ocupei com o colégio, faculdade e trabalho. Acredito que se torna escritor com idade, tipo, não vemos muitos autores com 17 anos. (risos). Você precisa ter disciplina. Com meus vinte e poucos anos – eu ainda trabalhava como professora, mas escrevia como hobby -, eu terminei o meu primeiro livro e enviei para editoras. Nunca é fácil ser publicada, mas comparada com outros autores, eu tive sorte. Consegui um agente literário rápido e publiquei meus livros em pouco tempo. Mas claro que tive rejeições.

Você mantém um site, um LiveJournal, FaceBook, Twitter. Obviamente é muito a favor de dar atenção aos seus fãs (risos). Como é essa interação com seus fãs? E você já teve alguma situação “complicada” com eles? (risos) É uma ótima interação em várias maneiras diferentes. Para mim, como escritora, é importante eu mesma manter contato com eles porque posso ver como o meu trabalho os afeta, como eles reagem. E gosto de que meus leitores saibam que eu sou uma pessoa acessível e mostro a eles algumas partes do meu cotidiano. Pelo lado do negócio, é uma maneira ótima de divulgar meus livros, os tours de autógrafos e atinge tantas pessoas!

E sobre situações complicadas (risos)… eu não tenho nenhuma para contar. Meus fãs são maravilhosos e o máximo que acontece é um gritar quando eu entro em uma livraria e só (risos). Os que me assustam são os que não são fãs e estão apenas passando pela livraria, me acham bonita e vêm falar comigo (risos). Esses sim me assustam. (risos).

Tem alguma mensagem para seus fãs no Brasil?
Eu estou muito empolgada em ver a reação que fãs brasileiros têm sobre meus livros. Vários escrevem para mim e dizem o que acham dos livros e eu me empolgo porque o Brasil é uma parte do mundo que eu não conheço tanto. É fantástico saber que meus livros estão fazendo a diferença para pessoas lá. Espero que isso continue. Adoro ouvir a opinião deles.


Surprised
avatar
Zoey Belikov

Idade : 23
Mensagens : 211
Localização : São paulo
Data de inscrição : 22/05/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Poste aqui uma notícia.

Mensagem por Ana Carol em Qui Maio 27, 2010 8:39 pm

eu já tinha lido essa entrevista... hauhushaushua
adorei ela!
avatar
Ana Carol
Alta Colaboradora

Idade : 21
Mensagens : 4011
Localização : Rio ♥
Data de inscrição : 22/02/2010

http://kiissmeorkillme.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Poste aqui uma notícia.

Mensagem por Buria de Lioncourt em Qui Maio 27, 2010 11:08 pm

Sério, a Richelle é muito foda.
Ela é uma pessoa incrível, cara. Sem querer puxar saco.

_________________________________________________



That bad girl power I got,
I'll abuse it tonight
You'll be mine till the light
Got poison on my mind




Buria Ivashkov de Lioncourt Elemento: Terra Moroi Ficha da personagem
avatar
Buria de Lioncourt
Administradora

Idade : 25
Mensagens : 1672
Data de inscrição : 18/05/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Poste aqui uma notícia.

Mensagem por Gleice em Sex Maio 28, 2010 8:03 pm

isso eu já postei no site ;D

_________________________________________________
"A vida é assim, conforme crescemos e mudamos, as vezes as coisas que experimentamos antes adquirem um novo significado.
Vai acontecer pelo resto da sua vida."
Dimitri Belikov

Site Vampire Academy
avatar
Gleice
Administradora

Idade : 27
Mensagens : 200
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 02/12/2009

http://www.vampireacademybrasil.org/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Poste aqui uma notícia.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum